Voltamos a divulgar notícias sobre o projeto “Mar de Histórias”, em desenvolvimento com apoio do MINC e financiamento da Cosmoquímica e Exportadora de Café Guaxupé.

Após a seleção dos serviços de acolhimento, nos dias 10 e 11 de maio foi realizado o 1º seminário com a participação de profissionais dos serviços de acolhimento parceiros. Esta ação ocorreu na sede da Fundação Criança, em São Bernardo do Campo, e teve como objetivos: apresentar os princípios que norteiam todas as linhas de atuação do Instituto Fazendo História através de uma contextualização histórica do funcionamento dos serviços de acolhimento no Brasil; apresentar os objetivos do trabalho com histórias de vida desenvolvido pelo FMH; e formar profissionais como mediadores de leitura.

Nesta descontraída ação formativa, os participantes se conheceram, se entrosaram e trocaram muitas ideias sobre seu papel profissional e a possibilidade de utilizar os livros como ferramenta diária de trabalho. Muito envolvidos com as atividades e reflexões propostas, tiveram oportunidade de conhecer e se relacionar com o acervo de livros entregue pelo projeto de forma divertida e descontraída, através de brincadeiras que poderão ser replicadas com as crianças e adolescentes. Além disso, todos refletiram e debateram sobre a função dos livros e da literatura. Foram abordados aspectos como: livros como mediadores de relacionamentos humanos; livro como favorecedor da construção de vínculos de afeto e confiança; literatura como organizadora do mundo interno; leitura compartilhada como forma de convidar as crianças a expressarem suas vivências e sentimentos; leitura como momento prazeroso de contato entre adultos e crianças; literatura como possibilidade de sonhar e construir projetos de vida; diferença entre mediação de leitura e contação de história; montagem de espaços convidativos de leitura; diferença entre uso afetivo e pedagógico dos livros; importância de os momentos de mediação não serem obrigatórios e sim convidativos, interessantes.

No final deste primeiro seminário os profissionais planejaram as ações relativas a livros e leitura que passarão a acontecer em cada casa. Além disso, foram entregues livros infantis e juvenis, esteiras de leitura, materiais didáticos e organizacionais que servem para a replicação do projeto e para o desenvolvimento do trabalho no dia a dia da casa.

Nesta e nas próximas semanas serão planejadas e realizadas a formação dos voluntários e as 2as visitas em cada serviço de acolhimento para acompanhá-los e auxiliá-los na implementação das bibliotecas e no planejamento do evento literário que dá nome ao projeto: “Mar de Histórias”. Este evento é uma ação em espaço público (praça, parque ou biblioteca pública) repleta de brincadeiras literárias gostosas e mediação de leitura abertas ao público frequentador do espaço.