Viewing entries tagged
fazendo minha história

A importância do trabalho com histórias de vida junto às famílias

A importância do trabalho com histórias de vida junto às famílias

O respeito à história e o direito à verdade são a base para o trabalho com as crianças e adolescentes que estão nos serviços de acolhimento. Tão ou mais importante do que matriculá-los na escola, na capoeira, levá-los ao médico ou para passear, é poder proporcionar conversas sobre por que estão acolhidos e qual a relação que poderão ter com sua família (ou substitutos) a partir do momento do acolhimento.

Histórias são curativas

Histórias são curativas

Uma das ferramentas mais importantes no programa Fazendo Minha História é o uso e apoio de livros para contar e construir histórias de crianças e adolescentes em acolhimento...

Notícias do projeto "Mar de Histórias", desenvolvido com o apoio do MinC

Notícias do projeto "Mar de Histórias", desenvolvido com o apoio do MinC

O projeto vem se desenvolvendo de forma bem sucedida e encontra-se em sua etapa final! Nos últimos meses, a Associação São Luiz (São Bernardo do Campo), Lar Escola Municipal de São Caetano do Sul, Abrigo Municipal de Mauá, Lar Sol da Esperança (Mauá), Casa Raio de Sol (Fundação Criança – São Bernardo do Campo) e Casa Arco-Íris (Fundação Criança – São Bernardo do Campo) se dedicaram a planejar e executar o evento literário “Mar de Histórias”! Foram realizados ao todo 6 eventos – 1 por serviço de acolhimento – em espaço público no município onde estão localizados. Esses eventos foram regados a brincadeiras e boas leituras! Crianças e adolescentes acolhidos se divertiram e se sentiram potentes por poder oferecer uma atividade divertida para todos que transitavam na praça, parque ou shopping!

projeto-mar-historias-criancas-adolescentes

Além disso, nos últimos meses, crianças e adolescentes seguem participando de encontros individuais de mediação de leitura e registro das histórias de vida através de atividades lúdicas e artísticas.

No dia 8 de novembro, realizou-se o 3º seminário participativo na sede da Fundação Criança, em São Bernardo do Campo. Este encontro, que contou com a participação de representantes das equipes das instituições contempladas, teve como objetivo refletir sobre os resultados obtidos e planejar a continuidade da metodologia em cada uma das instituições participantes. As atividades realizadas ao longo do dia permitiram que os profissionais discutissem os avanços e os desafios encontrados na implementação do projeto e que pensassem em conjunto sobre novas estratégias de trabalho. Foi um encontro inspirador e motivador, a continuidade autônoma do projeto promete ser um sucesso!!

Nas semanas seguintes, foram feitas reuniões de supervisão para acompanhamento e avaliação das ações do projeto em cada serviço de acolhimento. Nesses encontros foi possível criar estratégias e planejar a continuidade da metodologia de acordo com as particularidades de cada organização.

A partir de agora, os serviços de acolhimento contemplados estão prontos para darem continuidade às ações da metodologia de forma autônoma!

Fazendo Minha História forma profissionais de Maringá, Paraná, para o trabalho com histórias de vida

Comment

Fazendo Minha História forma profissionais de Maringá, Paraná, para o trabalho com histórias de vida

Um valor fundamental do Instituto Fazendo História é compartilhar conhecimento técnico para que, cada vez mais, serviços de acolhimento e toda a rede envolvida nessa área no Brasil estejam preparados tecnicamente para pensar melhores caminhos e cuidados com as crianças em adolescentes.

Desta vez, o Instituto levou até a cidade de Maringá, no Paraná, o programa Fazendo Minha História. Os profissionais da rede de acolhimento da cidade participarão de 3 seminários de formação onde serão instrumentalizados para que desenvolvam ações de mediação de leitura e construção de álbuns de histórias de vida.

instituto-formacao-profissionais-maringa-panama

O 1o seminário, sobre mediação de leitura, aconteceu em setembro e foi muito bem avaliado por todos. A participação nesses encontros permite às equipes dos serviços de acolhimento formar e acompanhar os adultos que realizarão o trabalho com as crianças e adolescentes. Nos próximos meses outros encontros acontecerão e a rede de acolhimento de Maringá estará pronta para continuar desenvolvendo de forma autônoma essa a metodologia de trabalho com historias de vida.

Comment

"Mar de Histórias":  ações de mediação de leitura e outras atividades

Comment

"Mar de Histórias": ações de mediação de leitura e outras atividades

Voltamos a divulgar notícias sobre o projeto “Mar de Histórias”, em desenvolvimento com apoio do MINC e financiamento da Cosmoquímica e Exportadora de Café Guaxupé.

mar-historias-mediacao-leitura

Desde maio, os serviços de acolhimento participantes vêm se dedicando a pensar e colocar em prática ações regulares de mediação de leitura em sua rotina. Após o 1º seminário, a equipe do FMH visitou cada casa para ajudar a planejar e fortalecer as ações regulares com os livros. Nestas visitas, os técnicos do serviço de acolhimento puderam também esclarecer dúvidas sobre a implementação da metodologia, fortalecendo-se para realizar a gestão do trabalho no dia a dia da casa.

A partir disso, as bibliotecas de cada casa estão sendo montadas; crianças e adolescentes começam a se encantar e valorizar o universo literário; os educadores começam a adotar em sua rotina de trabalho a prática de ler e se relacionar afetivamente com as crianças através de uma boa leitura!   

Paralelamente, os voluntários formados e selecionados para participar do projeto deram início a encontros com os meninos e meninas acolhidos. Através desta relação e do contato prazeroso com os livros, crianças e adolescentes melhoram a compreensão do texto e do mundo, fortalecem seus gostos e preferências, descobrem perguntas e respostas para assuntos da vida, são estimulados a falar de si e de suas histórias, dando novos significados para o vivido no passado e no presente.   

Nos dias 28 e 29 de junho, foi realizado o 2º seminário com os profissionais dos serviços de acolhimento. Seu objetivo foi compartilhar as boas práticas iniciadas em cada abrigo e fortalecer o papel de mediador de leitura entre os participantes, através de novas atividades e reflexões. Neste seminário, retomou-se também o planejamento do “Mar de Histórias”, evento que oferecerá aos frequentadores de algum espaço público próximo ao serviço de acolhimento um contato diferente e descontraído com os livros, através de brincadeiras e mediação de leitura. Trata-se de uma forma de envolver a comunidade, difundir o poder do livro e contribuir com o desenvolvimento do prazer pela leitura. Através de trocas de ideias e de estratégias, cada serviço de acolhimento pôde se inspirar para desenvolver o evento de forma mais envolvente e interessante.

Comment

Notícias do projeto "Mar de Histórias", em desenvolvimento com o apoio do MinC

Comment

Notícias do projeto "Mar de Histórias", em desenvolvimento com o apoio do MinC

mar-historias-livros

Voltamos a divulgar notícias sobre o projeto “Mar de Histórias”, em desenvolvimento com apoio do MINC e financiamento da Cosmoquímica e Exportadora de Café Guaxupé.

Após a seleção dos serviços de acolhimento, nos dias 10 e 11 de maio foi realizado o 1º seminário com a participação de profissionais dos serviços de acolhimento parceiros. Esta ação ocorreu na sede da Fundação Criança, em São Bernardo do Campo, e teve como objetivos: apresentar os princípios que norteiam todas as linhas de atuação do Instituto Fazendo História através de uma contextualização histórica do funcionamento dos serviços de acolhimento no Brasil; apresentar os objetivos do trabalho com histórias de vida desenvolvido pelo FMH; e formar profissionais como mediadores de leitura.

Nesta descontraída ação formativa, os participantes se conheceram, se entrosaram e trocaram muitas ideias sobre seu papel profissional e a possibilidade de utilizar os livros como ferramenta diária de trabalho. Muito envolvidos com as atividades e reflexões propostas, tiveram oportunidade de conhecer e se relacionar com o acervo de livros entregue pelo projeto de forma divertida e descontraída, através de brincadeiras que poderão ser replicadas com as crianças e adolescentes. Além disso, todos refletiram e debateram sobre a função dos livros e da literatura. Foram abordados aspectos como: livros como mediadores de relacionamentos humanos; livro como favorecedor da construção de vínculos de afeto e confiança; literatura como organizadora do mundo interno; leitura compartilhada como forma de convidar as crianças a expressarem suas vivências e sentimentos; leitura como momento prazeroso de contato entre adultos e crianças; literatura como possibilidade de sonhar e construir projetos de vida; diferença entre mediação de leitura e contação de história; montagem de espaços convidativos de leitura; diferença entre uso afetivo e pedagógico dos livros; importância de os momentos de mediação não serem obrigatórios e sim convidativos, interessantes.

seminario-profissionais

No final deste primeiro seminário os profissionais planejaram as ações relativas a livros e leitura que passarão a acontecer em cada casa. Além disso, foram entregues livros infantis e juvenis, esteiras de leitura, materiais didáticos e organizacionais que servem para a replicação do projeto e para o desenvolvimento do trabalho no dia a dia da casa.

Nesta e nas próximas semanas serão planejadas e realizadas a formação dos voluntários e as 2as visitas em cada serviço de acolhimento para acompanhá-los e auxiliá-los na implementação das bibliotecas e no planejamento do evento literário que dá nome ao projeto: “Mar de Histórias”. Este evento é uma ação em espaço público (praça, parque ou biblioteca pública) repleta de brincadeiras literárias gostosas e mediação de leitura abertas ao público frequentador do espaço.

Comment